About everton

Manejo e Controle de Animais Peçonhentos

No controle de Escorpiões podem ser utilizados Produtos Químicos Registrados na ANVISA e atuarão de forma complementar, eficaz e segura.

Em parceria com a UNIPAR – Universidade Paranaense, Campus de Cascavel/PR através da Coordenação do Curso de Biomedicina, o Portal Pragas & Eventos realizou no dia 17/08 com muito sucesso a Capacitação sobre biologia e manejo de Animais Peçonhentos, de forma inédita esta parceria trouce a Cascavel Técnicos e Coordenadores de Endemias e Controle de Zoonoses de 43 Municípios Paranaenses para atualização das técnicas e nas ações complementares a serem incluídas e implementadas junto aos protocolos governamentais de Manejo e Controle de Animais Peçonhentos, com as novas orientações os trabalhos terão maior eficiência na prevenção e controle, desta forma diminuindo os riscos de acidentes que vem aumentando no Estado, aberta a discussão e apresentação da biologia e comportamento dos animais peçonhentos, muitos técnicos saíram satisfeitos com o grande número de informação que poderão implementar em seus municípios.

O Dr. Éverton Padilha passou importantes conhecimentos sobre os riscos aos acidentados e como proceder nestes casos, para evitar que a pessoa acidentada tenha seu quadro agravado, para que possam manter a calma e não utilizar receitas caseiras pós acidente, o Dr. Eduardo Novaes Ramires tratou sobre a biologia e comportamento dos animais peçonhentos, com a apresentação de trabalhos científicos realizados para o Manejo e Controle dos Escorpiões, Aranha Marrom, Lacrais e Lagartas, orientando de forma que se possa prevenir os acidentes e as formas de Controle, exemplos de sucesso que estão sendo implementados pelo Brasil.

Para tratar da questão do Controle químico de escorpiões e apresentação das Técnicas que podem ser utilizadas de maneira completar as de Manejo ambiental, que devem ser mantidas e realizadas seguindo os Protocolos do Ministério da Saúde, Denilson Lehn apresentou alguns produtos Registrados no Ministério da Saúde e seus respectivos números de Registro na ANVISA, Princípios Ativos e Formulações, para que não seja mais alegado de forma irresponsável como vem sendo feito por algumas instituições publicas, que continuam a mentir à população alegando que não existem Produtos para controle de Escorpiões, na verdade o que ocorre é que os Produtos Registrados são de “Uso restrito a entidades e empresas especializadas” que já são utilizados com sucesso em alguns municípios.

Temos sempre que tomar cuidado porque não podemos fazer apologia ao uso indiscriminado de Produtos Químicos e não deixar que pessoas e empresas atuem de forma irresponsável e passem a indicar o Controle Químico como solução, mais sim como ação complementar ao Programa de Manejo Integrado de Animais Peçonhentos, mantendo todas as técnicas já preconizadas é só inserindo o Controle químico de escorpiões no momento certo e não como solução milagrosa, algumas formulações e produtos tem sido usado de forma equivocada pela população, inclusive com usa de produtos registrados para ambiente na Agricultura e Pecuária, não podendo ser utilizados de forma alguma em ambientes residenciais, e ai que está uma falha muito grande de Fiscalização da venda de produtos nas Agropecuárias e tendo o absurdo de Produtos químicos inadequados estarem sendo vendidos inclusive pela internet e sendo entregues pelo Correio. É indispensável que todos trabalhem de forma unificada e com informações adequadas para que diminuam os acidentes com animais peçonhentos e a população esteja protegida, não podemos continuar com acidentes por falta de atualização e aceitação das novas tecnologias.

Fonte: Pragas & Eventos

Infestação de mosca afasta consumidores do Mercado Central de Contagem

Preocupados com o futuro de seus negócios, os comerciantes levaram suas queixas e pedidos ao gabinete parlamentar, já que nenhuma medida para conter e sanar o problema foi tomada

O Mercado Central constitui importante e tradicional centro de compras e serviços da cidade. Recentemente, vem sofrendo com a infestação de moscas, que tem afastado os consumidores do local, gerando muitos prejuízos para os comerciantes.

Preocupados com o futuro de seus negócios, os comerciantes levaram suas queixas e pedidos ao gabinete parlamentar, já que nenhuma medida para conter e sanar o problema foi tomada pelo poder público municipal e a situação continua se agravando.

Nesta terça-feira (14), em atenção às muitas reivindicações apresentadas, o vereador e presidente da Câmara, Daniel Carvalho (PV) apresentou e fez aprovar requerimento através do qual solicita que sejam realizadas vistorias no Mercado Central, por parte das autoridades da saúde, com o propósito de detectar a origem dessa infestação de moscas em suas dependências para buscar uma solução definitiva para o problema.

Daniel Carvalho diz ainda que “considerando a importância para a economia da cidade do tradicional Mercado Central, a atuação do poder público, para sanar de vez o problema é urgente e necessário, já que vários estabelecimentos comerciais fecharam e a atual situação do mercado preocupa aqueles que ainda estão com as portas abertas”.

Diversidade

A cada dia, o Mercado tem sido mais frequentado pelos contagenses e pelos turistas que visitam a cidade. Com barracas de gêneros alimentícios artesanais, orgânicos e industrializados, hortifrutigranjeiros, açougue, peixaria, salão de beleza, lan house, imobiliária, correios, ervas medicinais, roupas e calçados, farmácia, floricultura, restaurantes, bares, lanchonetes, escritório de contabilidade, consultório odontológico, entre outras. Nos bares e restaurantes, a cerveja gelada e a boa cachaça mineira estão sempre acompanhadas de variados e saborosos tira-gostos, que atraem o público em lugar agradável.

Fonte: Pragas & Eventos

Fraude em Licitações de Desinsetização/Desratização e Limpeza de Caixas de Água

Acompanhando algumas Licitações e observamos que muitos documentos não estão sendo exigidos para participação em Imunização e Controle de Pragas e Limpeza de Caixas de Água, muitos Prefeitos novos, a título de ampliar a Concorrência, e desta forma acabam vencendo as Licitações Empresas sem as mínimas condições de Executar os Serviços.
A pratica de preços inexequíveis lançados em pregões eletrônicos e também presenciais, não é novidade, ganham e depois buscam empresas para “Quarteirizar” os serviços, buscam alguém na cidade que lhes de cobertura na execução ou apenas peguem as assinaturas nos documentos, esse pratica ao meu ver errada de dar “cobertura” aos oportunistas de Licitação é que vem cada vez mais baixando os preços e precarizando os serviços.
Está acomodação de muitos empresários em não participar ou acompanhar, por acharem que não são prejudicados e não gostam de trabalhar com o Setor Publico, leva a acomodação e a prejuízo que ainda não foram calculados, vamos analisar rapidamente, estes “Profissionais” vem com preços que lhes darão prejuízo com Certeza, mais para cobrirem os custos fazem um rastro de mais serviços baixos, trocam almoço, combustível e hospedagem por serviços baixa qualidade e garantias duvidosas, assim atrapalhando os Clientes de todos.

Se faz necessário o acompanhamento mais de perto a execução, fiscalizando e denunciando no Observatório Social, para que possam notificar a Comissão de Licitação, Secretarias Contratantes e ao Ministério Público.

São nossas Famílias, Amigos e Clientes que ficam expostos aos Serviços de Baixa ou nenhuma qualidade, está pratica nociva a todos, mais principalmente as Empresas idôneas que não conseguem concorrer, temos o problema do mau uso do dinheiro público também, o que poderemos fazer? Como Contratar uma empresa de Controle de Pragas? Como Contratar uma empresa de dedetização, Como Contratar uma empresa para Limpeza de Caixas de água?

Vamos fornecer orientações:

1 – Denuncia, para pedir que cumpram a Leis, Normas e Resoluções
2 – Acompanhar a Execução dos Serviços ou Orientar as Escolas, Postos de Saúde, etc… de como deve ser realizado o serviço de Controle de Pragas e Limpeza de Caixas de Água
3 – Pedir Comprovantes de vínculo empregatício dos Trabalhadores, Exames ASO, Comprovar a Capacitação, Treinamentos NRs em Trabalho em Altura e Espaço Confinado

Denuncie na sua Cidade, citamos algumas ações acima mais estamos preparando Manual de Orientações para enviar para todos os Órgãos Públicos e gostaríamos de receber contribuições de todos, para tratar esse mau.

Precisamos todos trabalhar unidos em nossas Associados e fortalecer o setor.

Por Denilson Lehn – contato@pragaseeventos.com.br

Fonte: Pragas & Eventos

7 hábitos de pessoas altamente eficazes

Certo dia, um pobre fazendeiro descobre um ovo de ouro em um dos ninhos de suas galinhas. Ele não podia acreditar na sorte que teve. Porém, ganancioso e impaciente para ficar logo milionário, decide matar a galinha para obter todos os ovos de uma só vez, sem ter que esperar um dia após o outro. Mas, para sua decepção, ao abrir o corpo da ave, não havia nada além do que é comum em toda galinha. Nada de ovos de ouro.

Você deve estar se perguntando: O que tem a ver esta fábula de Esopo com a formação de hábitos? Bem, foi com base nessa fábula que Stephen Covey formulou a teoria da eficácia. Em outras palavras, o equilíbrio entre a produção dos ovos de ouro e a capacidade de produção. E esse equilíbrio só será contínuo e sequencial se houver saúde e bem estar da galinha. A harmonia produz a eficácia que, no caso da fábula, é a riqueza.

Daí a necessidade de equilíbrio entre o que você produz e a sua capacidade de produzir. Se você produz além de sua capacidade, você irá se esgotar. Porém, se você estiver produzindo abaixo, quem estará se esgotando será o seu tempo. O equilíbrio está em produzir exatamente o que você é capaz dentro do tempo normal.

Os sete hábitos estão em harmonia com essa lei natural. Não são um conjunto desconexo de fórmulas milagrosas destinadas a estimular as pessoas.

Os três primeiros hábitos  falam do seu autodomínio. São os que dependem exclusivamente de você, não envolvendo outras pessoas. Eles buscam aprimorar a personalidade para obter a sua independência. Os três hábitos seguintes tratam das relações com os outros. Ou seja, trabalho em equipe, cooperação e comunicação. Estão orientados a conseguir a interdependência. O sétimo hábito só diz a respeito de você mesmo. Finalmente, esse último hábito trata da sua renovação contínua que o levará a compreender e alcançar o sucesso desejado.

1. Seja Proativo

Victor Frankl, famoso psiquiatra, viveu as circunstâncias mais terríveis em um campo de concentração. Em meio ao caos, a pergunta que não lhe saia da mente, era: O que diante do desespero total, após ter perdido tudo, inclusive seus parentes mais queridos, o impedia de suicidar-se?

A resposta que encontrou é a de que – no fundo – havia uma esperança, um desejo pela vida, um sonho. A partir de então, o estudioso decidiu concentrar sua mente em adotar uma atitude proativa e colaborativa com os que sofriam. Em um dos seus ensinamentos, diz: “Por mais crítica que seja a sua situação, você sempre poderá identificar uma razão, uma atitude e um caminho possível pelo qual valha a pena viver.”

O primeiro hábito, portanto, só depende de você . Seja proativo, utilize suas forças para realizar o que você mais deseja. Assim, a cada dia, você ficará mais e mais forte na direção do seu objetivo. Ser proativo é assumir a responsabilidade por você mesmo. O seu maior poder é a liberdade de escolha. Para desenvolver sua proatividade, tente o seguinte:

– Tenha um objetivo e atue dia após dia para alcançá-lo;

– Preste atenção nas palavras que usa, há sempre uma forma positiva de encaminhar sua vida;

– Trabalhe durante trinta dias esses princípios. Coloque especial atenção naquelas coisas que possa controlar;

Lembre-se de Victor Frankl: ele não possuía muitas opções, mas adotou uma atitude orientada para o que estava ao seu alcance fazer.Isso é altamente transformador.

2. Tenha um objetivo em mente

Trace um objetivo e foque nas metas mais desejadas por você. Aqui trago uma sugestão minha: identifique quem você quer ser, social, pessoal e profissionalmente. Imagine esse horizonte e vá construindo pouco a pouco. Lembre-se: tudo nasce primeiro na mente, para depois se tornar real. Portanto, você precisa saber aonde quer chegar, o que quer conquistar e em quem quer se transformar.

3. Primeiro faça o mais importante

Para viver uma vida equilibrada, como falamos no início desse artigo, você tem que reconhecer que não pode fazer tudo. Você tem o direito de dizer não quando necessário e concentrar-se nas prioridades.

E o que são as prioridades? Prioridade é aquilo que você definiu como de maior valor no hábito dois, o que você quer ser e fazer. Para facilitar, faça uma lista simples dos papéis que você exerce: Por exemplo: Marido, pai, filho, gerente em sua empresa e etc.

Depois, selecione seus objetivos para a próxima semana e pense em dois ou três resultados importantes que você queira alcançar para cada um dos seus papéis. Atente-se sempre para que as ações estejam alinhadas aos seus objetivos a longo prazo.

Separe o tempo para trabalhar com cada objetivo. Identifique com precisão seus espaços de tempo e não deixe de considerar a importância que as outras pessoas tem para você. Ninguém faz nada sozinho.

4. Ganha X Ganha

As necessidades de cada uma das partes devem ser satisfeitas por um esforço conjunto, ou seja, a negociação é um processo de entendimento recíproco. Porém, o lado primitivo da nossa mente nos leva ao pensamento de que se alguém ganhou é porque alguém perdeu, mas isso, segundo o autor, não é uma verdade absoluta.

Covey vê diferente, ele defende que é possível um jogo onde ambas as partes ganhem. Defende que a vida pode ser uma arena cooperativa. As negociações devem ser mutuamente benéficas e satisfatórias e que as pessoas ou organizações que abordam conflitos a partir de uma atitude ganha x ganha possuem três traços de caráter vitais, que são:

Integridade: comportam-se de acordo com o que você acredita e com os valores que defende.

Maturidade: sentimento que prioriza a nossa preocupação pelos outros, mais até do que por nós mesmos. Talvez esse seja o traço mais difícil de ser alcançado. Mentalidade da abundância: acreditar que há muito para todos. Essa crença nos ajuda a pensar que as pessoas não precisam sair perdendo. Todos podem sair ganhando.

5. Comunicação Empática

Em nosso cotidiano de trabalho, e mesmo na vida privada, travamos uma guerra na qual as armas são as palavras. É pouco comum as pessoas escutarem com a intenção de entender. Geralmente se escuta com a intenção de responder. Esse hábito se destaca por enfatizar a comunicação efetiva. É o mais emocionante e o mais simples para se colocar em pratica imediatamente.

Quando satisfeitas as necessidades físicas de sobrevivência, a prioridade do ser humano passa a ser a de atender a sobrevivência psicológica, que é a de ser entendido e respeitado. Ao escutar com empatia, você estará satisfazendo essa necessidade, que, segundo Covey, está dando “ar psicológico” ao outro.

Nas organizações, a comunicação tem como regra a compreensão mútua. Se ambas as partes se colocam em igualdade de condições, elas podem dialogar entre si para compreender conjuntamente a realidade, convergindo para um mesmo foco.

Encontrar soluções ganha x ganha se torna muito mais fácil quando são satisfeitas as necessidades básicas das pessoas, afinal suas defesas são minimizadas e a capacidade de negociação aumenta.

6. Sinergia

Sinergia significa que o todo é mais do que a soma das suas partes. O hábito de sinergizar implica, portanto, na cooperação criativa e no trabalho em equipe. As pessoas com mentalidade ganha x ganha e que escutam com empatia podem aproveitar suas diferenças para gerar idéias e opções que não existiam antes.

Reunir várias perspectivas diferentes, com respeito mútuo, leva os participantes a se sentirem livres e motivados para procurarem a melhor alternativa possível. Com frequência, esse hábito leva as pessoas a identificarem propostas diferentes e melhores que as originais. Quando as pessoas começam a interagir genuinamente e estão abertas à influência do outro, começam a ganhar uma nova visão.

A capacidade de inventar novas abordagens cresce muito em função da exploração das diferentes idéias. Esse é um grande segredo: a cooperação, aliada à confiança, conduz para um patamar sinérgico que o autor denomina como ganha x ganha.

7.  Autorrenovação
Aqui você cuida de se aprimorar física, mental, social/emocional e espiritualmente, porque o maior patrimônio é, sem nenhuma dúvida, você mesmo! Um programa equilibrado de auto-renovação nas quatro áreas de sua vida é fundamental, considerando as dimensões:

Dimensão física: inclui exercícios físicos, boa nutrição e controle do stress. Ao comer adequadamente e exercitar-se trinta minutos por dia, você conseguirá melhorar sua força,resistência e performance mental. Caso contrário,, seu corpo se debilitará;

Dimensão espiritual: renovar seu compromisso com seus valores e princípios, por meio de uma revisão da sua missão pessoal, ou por meio da oração, meditação, ou imersão em música, literatura, ou natureza. Se isso não acontecer, seu espírito pode ser levado a um estado de insensibilidade.

Dimensão mental: sua mente se renova por meio de atividades como leitura, escrita e planejamento, utilizando os hábitos dois e três. Essa dimensão impede que sua mente responda aos atos mecanicamente, o que não é bom.

Dimensão social/emocional: enfocar-se nos hábitos quatro, cinco e seis, participando de atividades sociais e melhorando o relacionamento com os outros.

Como as quatro dimensões estão intimamente relacionadas, qualquer coisa que você faça em uma impactará positivamente nas outras. Se trabalhar equilibradamente nas quatro, passando pelo menos uma hora ao dia, você fará dos hábitos uma parte fundamental da sua vida.

E agora que você conhece os sete Hábitos das pessoas altamente eficazes, sabe que o seu objetivo não acontecerá por acaso. Você precisa lutar por isso para que as coisas aconteçam.

Lembre-se, esse processo criativo nunca acabará. Você deve continuar sempre cultivando esses hábitos pelo resto da sua vida e tudo mudará positivamente. Essa é a forma mais natural, segura, sem atalhos para você alcançar sucesso.

Publicado em Endeavor Brasil

Virose da mosca pode ser a causa do aumento de doenças na região

Durante as últimas semanas, houve um aumento nos relatos de diarreia, vômito, náusea, dor abdominal, falta de apetite, dor de cabeça, febre, indisposição e dores pelo corpo, nos estabelecimentos de saúde do estado de Sergipe. Coincidentemente, houve também um aumento bastante significativo no número de moscas nessa mesma região.

Embora esses sintomas sejam inespecíficos, e característicos para muitas doenças, a coincidência com o aumento no número de moscas acaba fazendo com que alguns cheguem a correlacionar tal fato com uma doença conhecida por “virose da mosca”.

Apesar de alguns profissionais de saúde serem contra essa teoria, não há nenhuma comprovação científica que afirme tal fato ou o contrarie. Temos apenas todos esses relatos e conhecimento da doença que nos leva a analisar melhor a situação.

A virose da mosca é uma infecção do trato gastrintestinal transmitida pelo consumo de alimentos que tiveram contato com a mosca. Quando o inseto pousa em algum local contaminado, como fezes por exemplo, leva consigo microrganismos em seus pelos. Ao pousar em algum alimento, acabam depositando esses microrganismos que podem levar a quadros de infecção com os sintomas acima.

Esses sintomas costumam desaparecer entre 5 a 15 dias. Depende muito de como anda a saúde do indivíduo, sua imunidade e seus hábitos de vida. Na maioria dos casos, não é necessária nenhuma intervenção medicamentosa, apenas a ingestão de muito líquido, alimentação saudável e repouso. Em casos onde a febre persiste e o paciente fica bastante debilitado, torna-se necessária buscar o atendimento médico.

É comum o paciente não querer se alimentar durante a doença, mas essa é uma decisão que pode piorar bastante o quadro. Sem se alimentar ou se hidratar os sintomas podem avançar e demoram mais ainda a desaparecerem. Sucos, sopas e frutas são os mais recomendados nesse caso, já que são leves e a probabilidade de vômito é menor. É importante também evitar sucos e frutas ácidas, café e bebidas alcoólicas, já que o sistema gastrintestinal está bastante sensível.

Alguns profissionais preferem chamar o problema apenas de gastroenterite, e não correlacionam com a mosca, mas com a água. Em períodos de chuvas há um aumento na contaminação da água, pelo seu contato com lixo, animais mortos e tantas outras fontes de contaminação. Essa água não só contamina alimentos como também temos contato direto com ela, se tornando uma potencial fonte de infecção.

Previna-se
Em todo caso, sendo virose da mosca, ou qualquer outra doença transmitida por insetos ou água contaminada, os cuidados a seguir servem em geral como forma de prevenção ao problema que tem lotado hospitais, postos e clínicas da região.

·  Tomar muita água para evitar desidratação.
·  Manter a higiene do ambiente e dos alimentos, principalmente antes de ingeri-los ou prepará-los.
·  Evitar deixar lixeiras próximas a fogões, fruteiras, pias, geladeiras ou qualquer outro local que armazene alimentos.
·  Não deixar acumular o lixo mais de 4 dias dentro de casa.
·  Lavar o fundo do recipiente onde é colocado o lixo com água sanitária 1 vez por semana.
·  Utilizar um prato ou outro utensílio para tapar a comida, evitando deixá-la exposta.
·  Não comer comida que esteve em contato direto com moscas.
·  Colocar redes contra moscas e mosquitos nas janelas.
·  Usar mosquiteiro para dormir, especialmente no caso dos bebês. Ou utilizar repelentes ou vaporizadores.
·  Uma dica para eliminar moscas é utilizar em um recipiente uma mistura de água, sabão em pó e açúcar. Isso atrai as moscas e as eliminam.

Jeferson Machado Santos.
CRF-SE: 658.
Farmacêutico pela Universidade Federal de Sergipe – UFS.
Habilitação em Bioquímica Clínica pela Universidade Federal de Sergipe – UFS.
Especialista em Administração de Empresas pela FIJ-RJ.
Especialista em Farmacologia e Interações Medicamentosas pela Uninter-IBPEX.

Fonte: Pragas&Eventos